CHUPETA: Usar ou não usar?

CHUPETA: Usar ou não usar? Eis a questão!!

Muito se fala sobre o uso ou não de chupetas em crianças. Há bebês que fazem uso da mesma desde o seu nascimento, em uma intensidade que a chupeta parece ser parte do corpo da criança. O fato é que ao se optar pela mesma, deve-se observar os sinais que o bebê apresenta.

Assim que ela é colocada para fora da boca esse é um grande sinal de que a necessidade de sucção foi saciada. É muito comum que o adulto volte a colocá-la na boca da criança novamente…. E aí se instala o mal hábito oral e com ele o possível aparecimento de alterações na oclusão dentária, na respiração, mastigação, deglutição e por consequência na produção da fala.

Alguns estudos apontam que o uso da mesma diminui a ocorrência de morte súbita em bebês, porém é importante atentar-se para não haver exageros…. O uso de cordões e prendedores, por exemplo, é um dos grandes agravantes dessa história, já que assim o bebê pode ter acesso a ela a qualquer instante. As pessoas acreditam que a chupeta acalme o bebê, porém um abraço, carinho e aconchego podem muito bem substituí-la.

Ahhhh e se não houver outra saída recomenda-se o uso das ortodônticas e no máximo até os dois anos de idade.

Fga. Fabiana Conde Klann

voltar